A transformação – como eu decidi ser coach
11 de outubro de 2016
Liderança e motivação
Liderança e motivação – dicas de como motivar sua equipe
25 de outubro de 2016
Show all

Como liderar uma equipe – mesmo sob pressão

O nosso texto de hoje é para você, líder, que em algum momento da sua carreira já se sentiu pressionado e encurralado. Que planejou e estruturou toda a sua carreira, mas que em alguns momentos pensou em desistir, pensou em ir vender coco na praia. E se você está passando por esse momento agora, você não pode deixar de ler esse texto e descobrir como deixar tudo isso para trás e como liderar uma equipe!

E para ilustrar tudo isso, vou contar uma história que talvez seja até mesmo a história da sua vida!

Maurício estudou durante anos, tendo como grande sonho achar um emprego numa empresa grande e sólida do mercado, onde pudesse crescer e fazer carreira.

Finalmente, é contratado por um líder que aposta no seu talento e, então, coloca todo o seu foco e esforço para conseguir provar o quanto é competente. Com o tempo, o esforço vai valendo a pena, o seu desempenho técnico nas atividades vai se sobressaindo e ele é visto na empresa como alguém que entrega. A sua reputação vai crescendo e ele se torna o solucionador de problemas, conferindo-lhe até uma certa sensação de poder. A primeira fase do seu plano funcionou! Sua posição na empresa está estabelecida, agora é só ir em direção à segunda fase: a promoção.

Depois de um certo tempo, o mesmo líder que o contratou torna-se diretor da empresa e o indica para ser o novo gerente de projetos. Neste dia, as portas do céu se abrem. Nada mais será igual, ninguém segurará a escalada dele. Na verdade, ele já está se vendo dez anos à frente como CEO da empresa. Tudo muito bem arquitetado e construído em seus sólidos planos para seu sucesso.

Passados dois meses da promoção, ele está sozinho em sua sala, resmungando e reavaliando se o melhor seria mudar para uma cidade do interior, para uma praia e quem sabe abrir uma pousada. Neste momento ele faria qualquer coisa para largar tudo, deixar o estresse corporativo para trás, pois a sensação é que ele tem mais nas mãos do que consegue lidar.

A sua equipe reclama, está desmotivada, ele não sabe o que fazer para animá-los, pois o problema parece não ter solução! Com o cenário de crise que tanto falam, obter resultados parece fora de sua responsabilidade. A vontade dele é de mandar todos embora, mas se ele fizer isso, vai colocar quem no lugar?

Outro problema é a falta de profissionais bons, motivados, prontos para tudo, felizes, determinados etc. Então ele está preso a uma equipe que não produz o que poderia, que tem conflitos entre si, que perde tempo com coisas que não tem a ver com o projeto. Tudo era tão mais fácil quando ele era apenas um técnico brilhante… Seria tão mais fácil se as pessoas simplesmente o obedecessem…

Como liderar uma equipe?

como-liderar-pessoasNo seu plano ele não previa este obstáculo, pois não estava preparado para lidar com a variável humana. Ele está aprendendo da maneira mais dolorosa um segredo que não haviam lhe contado: um gerente de projetos na verdade não gerencia projetos. Ele gerencia as pessoas que fazem os projetos. Ele está descobrindo agora que, quanto mais ele subir na escalada de sua carreira, maior deverá ser o seu conhecimento sobre pessoas e como liderá-las. Neste momento ele se sente desamparado e aflito, pois, se não consegue gerenciar uma equipe, como esperar um dia ser CEO de uma empresa? A sensação inicial é de que ele foi o único que perdeu essa aula na faculdade. Parece que todo mundo sabe lidar bem com isto.

Outro segredo que ele não sabe é que neste exato momento, talvez o seu diretor, o vice-presidente e até o próprio CEO tenham dúvidas semelhantes em relação à capacidade de eles liderarem pessoas.

Infelizmente esta história não é uma exceção, mas sim a regra, são muito comuns nas empresas, tanto quando eu estava no mundo corporativo, como nos clientes que atendo. Isto significa que estes profissionais sejam problemáticos? Não!!! Quer dizer apenas que ele entrou em um novo nível de incompetência, pois o que garantiu o sucesso dele no passado já não serve mais para as novas demandas, o que trouxe ele até aqui não garantirá sucesso futuro na nova fase.

Toda vez que você aumentar seu desafio, reflita quais serão as novas competências e habilidades necessárias para garantir seu sucesso no próximo nível.

Quando você se sente assim, procurar ajuda é muito indicado, eu, claro recomendo um processo de coaching, por todos os resultados que já presenciei junto a meus clientes. Faça o processo com um profissional experiente, que tenha pelo menos 1000 horas de atendimento a executivos, esse profissional saberá como te ajudar a desenvolver as novas habilidades e mais que isso, te ajudará a mudar alguns mapas mentais que te possibilitarão superar momentos como este.

Jeferson Duval
Jeferson Duval
Empresário, há mais de 20 anos trabalhando em grandes companhias como VOLVO, Linck Máquinas, Volkswagem. Formado em Administração e Artes Cênicas. Personal e Professional Coach pela Sociedade Brasileira de Coaching, BBCC - Brain-based Coaching Certificate pelo Neuroleadership Institute.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *